Edifício Torres do Carmo

Cliente: Torres do Carmo, Soc. Imobiliária e Constr. Civil Ltda

Construção: ARC - Lisboa

Arquitetura: Arquitetos Schieber

Localização: Luanda, Angola

Ano: 2010

Área: 45.000 m2

Edifício de uso misto, composto por duas torres com vinte e seis pavimentos e mais cinco subsolos. Os cinco subsolos abrigam garagens, cinco conjuntos grupo-geradores e equipamentos do sistema de ar condicionado. Nos andares inferiores há lojas, auditório, academia e restaurante, integrando um amplo ambiente coberto por domus de aço e vidro.

Uma das torres é residencial, e a outra abrigará escritórios de uma empresa multinacional da área de petróleo. No topo, interligando as duas torres, há um heliponto em estrutura metálica.
Foi adotada estrutura convencional em concreto armado.

A fundação de todo o conjunto é constituída por um único radier celular, com placa de 80 cm de espessura e vigas invertidas com seção 100 × 210 cm.

As contenções, com alturas de até 17m, foram executadas em paredes-diafragma com atirantamento provisório. As paredes de contenção foram incorporadas à estrutura através das lajes dos subsolos, que as travam e nelas se apoiam.